Whatsappp

(21) 985.564.736

Celular

(21) 988.614.508

Campos de Goytacazes/RJ

 (22) 3013.9494 

(22) 3026.2613

Mudanças nas normas de reprodução assistida são avanço

Por isso, a Resolução nº 2.168/2017, recentemente criada pelo conselho, com base em texto elaborado pela Câmara Técnica de Reprodução Assistida do CFM, traz avanços como novos critérios para a cessão do útero para a gestão compartilhada; a redução do prazo para descarte de embriões; e o congelamento de tecidos germinativos de crianças e adolescentes, pacientes em tratamento oncológico, para permitir a gestação tardia.

Gestão partilhada e de substituição – antes, apenas mãe, avó, prima e tia poderiam ceder o útero. Agora, filha e sobrinha também podem. Além disso, ficou claro que casais homoafetivos femininos também podem fazer essa opção.

Descarte de embriões - o prazo para descarte de embriões foi reduzido para 3 anos, antes era de 5 anos. No caso de embriões abandonados, quando a clínica não consegue mais contato com os responsáveis, o prazo também passa a ser de 3 anos.

Normas para tratamento – anteriormente, só poderia se submeter às técnicas de reprodução assistida quem tivesse problemas nessa área. Com a nova resolução, pessoas que estejam em tratamento que pode provocar a infertilidade, como o câncer, passam a ter as mesmas possibilidades.

Acompanhe nas redes sociais

 

Informações de Contato

Barra da Tijuca
Avenida das Américas, 4666 salas 312/313
Centro Médico Barrashopping
Rio de Janeiro / RJ

Leblon
Av. Ataulfo de Paiva, 135 - Sala 1414
Ed. Cidade Leblon
Rio de Janeiro / RJ

Campos de Goytacazes/RJ
Dra. Joyce Barreto
Rua Saldanha Marinho, 458 - sala 1215
Ed. Connect

 

Barra da Tijuca