Whatsappp

(21) 985.564.736

Celular

(21) 988.614.508

Campos de Goytacazes/RJ

 (22) 3013.9494 

(22) 3026.2613

fertilidadefemininaA fertilidade da mulher diminui à medida que ela envelhece. Isso ocorre porque a mulher nasce com determinado de óvulos e, a cada ciclo menstrual, há perda de algumas centenas deles. Até os 30 anos, uma mulher saudável possui uma quantidade e qualidade ovular boa e, geralmente, apresenta menos problemas para engravidar. Mas a partir dos 35 anos, a reserva ovariana da mulher passa a diminuir consideravelmente. Além da quantidade, a qualidade ovular também cai, resultando em óvulos propensos a erros na sua divisão celular, gerando embriões com alterações genéticas que impedem uma gravidez saudável.

No entanto, até mesmo no período mais fértil da mulher, alguns fatores podem afetar as chances de uma gravidez saudável. A seguir, conheça alguns destes fatores que afetam negativamente a fertilidade da mulher.

 

 

fertilidade-da-mulherO período de maior fertilidade para as mulheres é entre os 20 e 24 anos de idade. A partir dos 25 anos, as chances da mulher engravidar passam a cair e de enfrentar problemas de fertilidade aumentam significativamente. Por isso, adiar a maternidade pode se tornar um problema no futuro.

Segundo especialistas, a fertilidade da mulher aos 35 anos é metade da que era aos 25 anos. Aos 40 anos, a fertilidade cai para a metade do que era aos 35 anos. Ou seja, adiar a maternidade em um ano pode fazer muita diferença quando a mulher passou dos 30 ou 40 anos.

Se geralmente a orientação dos médicos é que o casal tente engravidar por pelo menos um ano até procurar a ajuda de especialistas, a recomendação às mulheres de mais de 35 anos é diferente. Se você tem mais de 35 anos e está com dificuldade para engravidar, procure um especialista antes de um ano.

 

 

cafeinaTema de diversos estudos, a interferência da cafeína sobre a fertilidade ainda suscita muita dúvidas. Pode o consumo de bebidas com cafeína diminuir a fertilidade da mulher? Pode a substância ter alguma influência nas chances de engravidar?

Nos Estados Unidos, pesquisadores da Universidade de Harvard identificaram o consumo regular de cafeína em cerca de 70% das mulheres candidatas à fertilização in vitro. E segundo outro estudo, esse hábito não parece interferir nas chances de gravidez dessas mulheres, embora o consumo de bebidas com cafeína tenha sito o fator principal entre os hábitos das norte-americanas com dificuldades para engravidar.

 

 

tratamento infertilidadeA diferença entre fertilização in vitro e inseminação artificial está no modo como os óvulos são fecundados. No caso da inseminação artificial, o procedimento consiste em injetar espermatozoides diretamente no útero da mulher para que, então, ocorra a fecundação do óvulo e a geração do feto. A inseminação é realizada no período fértil da mulher (quando ela está ovulando), facilitando, assim, a união dos gametas para a formação do embrião.

 

 

 

 

 

 

 

Acompanhe nas redes sociais

 



Informações de Contato

Barra da Tijuca
Avenida das Américas, 4666 salas 312/313
Centro Médico Barrashopping
Rio de Janeiro / RJ
Segunda à sexta das 08:00h às 19:00h
Sábados das 08:00h às 12:00h.

Ipanema
Rua Visconde de Pirajá 407 – Sala 903 -  Ipanema
Ipanema Officenter
De segunda à sexta das 09:00h as 18:00h

Campos de Goytacazes/RJ
Dra. Joyce Barreto
Rua Saldanha Marinho, 458 - sala 1215
Ed. Connect
De segunda à sexta das 09:00h as 18:00h

 

Barra da Tijuca