Whatsappp

(21) 985.564.736

Celular

(21) 988.614.508

Campos de Goytacazes/RJ

 (22) 3013.9494 

(22) 3026.2613

Experiências negativas na infância, como abuso, negligência, disfunção familiar ou abuso parental de substâncias, podem afetar a fertilidade das mulheres. Segundo pesquisa recente publicada no Journal of Psychosomatic Obstetrics & Gynecology, a conclusão é de que as mulheres que viveram eventos adversos em uma idade jovem eram mais propensas a enfrentar dificuldades em relação à fertilidade e também a demorar mais tempo para engravidar.

Nos anos 80 e 90, a medicina observou um significativo aumento no número de gestações de gêmeos a partir dos tratamentos de reprodução humana. À primeira vista, isso poderia indicar o sucesso desses tratamentos. No entanto, o “sucesso” se mostrou um problema de saúde pública.

As gestações múltiplas apresentam maior incidência de diabetes, hipertensão e, principalmente, casos de prematuridade, entre outros complicadores. Devido a essa relação com um maior número de complicações para a gestante e os bebês, especialistas em reprodução humana, obstetras e pediatras entendem que esse tipo de gestação deve ser, se possível, evitado.

Hoje, com a melhora nas taxas de implantação (gestação por cada embrião colocado no útero), tornou-se possível diminuir o número de embriões transferidos após os ciclos de fertilização in vitro (FIV) sem reduzir as chances de engravidar. Ainda sim, dados da Red Latinoamericana de Reproducción Asistida (Redlara) revelam que a frequência de gestações múltiplas foi de 30,2% – 27,8% de gestação gemelar – no ano de 2012.

No Brasil, a recomendação é pela transferência de, no máximo, dois embriões em mulheres de até 35 anos; três embriões em mulheres entre 36 e 39 anos; e quatro embriões em mulheres com 40 anos ou mais.

 

imagesA qualidade embrionária é um aspecto importante que deve ser considerado no tratamento de fertilização in vitro (FIV). Sabe-se que a presença de fragmentos celulares no embrião aponta uma divisão celular irregular, o que compromete a chance de implantação embrionária no útero. A partir disso, a tendência é pela transferência de embriões sem fragmentos, mantendo as chances de gestação elevadas.

 

 

 

097-mae-depois-dos-trinta-e-cincoPreocupadas com a carreira profissional e a estabilidade financeira, as mulheres passaram a adiar a maternidade. A maioria delas para depois dos 30 anos de idade. Mas o número de mulheres que têm filhos depois dos 40 aumenta ano após ano.

Em muitos casos, as mulheres procuram clínicas de fertilização e reprodução humana para engravidar. Com a melhoria das técnicas de reprodução assistida, os resultados são alcançados e a idade fértil da mulher é “ampliada”. Com isso em mente, as mulheres estão cada vez mais seguras para tentar uma gravidez depois dos 40, confiando no sucesso dos tratamentos.

 

 

fertilizacao-in-vitro 0 0Para muitas mulheres, o tratamento de fertilização in vitro (FIV) se torna mais difícil devido à ansiedade. Se não bastasse a rotina de consultas, exames, injeções diárias para estimular a ovulação, os efeitos colaterais dos hormônios e ainda o alto investimento financeiro, a mulher precisa lidar com toda a expectativa de ser mãe e que o tratamento seja um sucesso, o que, apesar do avanço da medicina reprodutiva, não é garantido.

Por isso, a ansiedade pelo resultado do tratamento pode ser um complicador para a mulher. Além disso, há outros complicadores. Muitas mulheres procuram o tratamento de FIV após os 35 anos, quando a fertilidade passa a sofrer um declínio. E em alguns casos, a mulher ainda pode sofrer de endometriose, doença que costuma impactar na fertilidade feminina. São fatores que podem influenciar no resultado do tratamento.

 

Acompanhe nas redes sociais

 


Informações de Contato

Barra da Tijuca
Avenida das Américas, 4666 salas 312/313
Centro Médico Barrashopping
Rio de Janeiro / RJ

Leblon
Av. Ataulfo de Paiva, 135 - Sala 1414
Ed. Cidade Leblon
Rio de Janeiro / RJ

Campos de Goytacazes/RJ
Dra. Joyce Barreto
Rua Saldanha Marinho, 458 - sala 1215
Ed. Connect

 

Barra da Tijuca